Quarteto de cordas para casamentos e eventos

Quarteto de cordas para casamentos e eventos

Olá, tudo bem?

Bem vindo ao site do Grupo Rio Cordas. Me chamo Moabe Vettore e sou o violinista responsável e idealizador do Grupo Rio Cordas.

Uma das formações mais pedidas em nosso site e que muitas pessoas perguntam e solicitam orçamentos é o Quarteto de Cordas para Casamentos e Eventos.  Mas afinal o que é um quarteto de cordas?

quarteto-de-cordas-para-eventos-rio-de-janeiro-rj

É um grupo instrumental formado por: Dois violinos, uma viola e um violoncelo. (veja esse vídeo em inglês)

Definição Wikipedia:

Embora qualquer combinação de quatro instrumentos de corda possa ser chamada literalmente de “quarteto de cordas”, na prática o termo se refere ao grupo que consiste de dois violinos (o “primeiro”, que normalmente toca a linha melódica no registro de notas mais alto, e o “segundo” violino, que toca as notas mais graves da harmonia), uma viola e um violoncelo. Caso o compositor crie música para quatro outros instrumentos de corda, como três violinos e um contrabaixo, ou violino, viola, violoncelo e violão, a instrumentação é geralmente indicada. O quarteto de cordas em sua formação padrão é considerado como uma das formas mais importantes de música de câmara, e a maioria dos compositores desde o fim do século XVII compuseram neste formato.

orçamento

História do Quarteto de Cordas

A forma do quarteto de cordas passou a ser utilizado após a primeira metade do século XVIII. As primeiras obras de Joseph Haydn para o formato tinham cinco movimentos e lembravam o divertimento (título que chegaram a receber em algumas edições) ou a serenata; porém os quartetos opus 9, de 1769-1770, já apresentam a estrutura que se tornaria padrão tanto para Haydn quanto para outros compositores: quatro movimentos, um rápido, um lento, um minueto e trio e um final rápido. Por estes exemplos terem ajudado a codificar um formato que se originou na suíte barroca, Haydn é chamado frequentemente de “pai do quarteto de cordas”, e chegou a executar seus quartetos em ocasiões sociais, em quartetos de corda improvisados dos quais o jovem Wolfgang Amadeus Mozart também participava.

Desde a época de Haydn o quarteto de cordas adquiriu cada vez mais prestígio, e passou a ser considerado o verdadeiro teste da arte do compositor erudito, provavelmente devido ao fato de que a paleta sonora do quarteto é bem mais reduzida que a da música orquestral, forçando a música a se sustentar mais em suas próprias características do que nas cores e diversidades tonais, e pela tendência inerentemente contrapuntais na música escrita para quatro instrumentos tão similares.

Mozart e Beethoven

A composição para o quarteto de cordas floresceu na era clássica, quando nomes como Mozart e Beethoven compuseram séries célebres de quartetos, tão ou mais considerados que os do próprio Haydn. No século XIX houve um leve desinteresse pelo formato, e os compositores da época normalmente compunham apenas um quarteto de cordas, apenas como forma de mostrar que tinham o domínio do gênero, que ainda trazia prestígio. Com a chegada da idade moderna da música erudita, o quarteto retornou à antiga popularidade entre os compositores, e passou a ter um papel central no desenvolvimento da obra de compositores como Arnold Schoenberg, Béla Bartók e, especialmente, Dmitri Shostakovitch e Heitor Villa-Lobos.

Veja abaixo algumas fotos dos nossos trabalhos:

Quarteto de cordas para casamentos e eventos

orçamento

COMPARTILHE ESSE POST

Veja aqui nosso trabalho

Solicite seu Orçamento

Fechar Menu
×
Solicite seu orçamento também por whatsapp
%d blogueiros gostam disto: